• ago

    Seu webmail pode infectar uma rede residencial ou corporativa

    Postado por 

    PcTv Telecom  / 0 comentário / Visualizado: 998 visitas / RSS

    O avanço do e-mail como meio de comunicação faz com que as pessoas utilizem diferentes endereços eletrônicos, tanto para uso pessoal como profissional, e muitas vezes no mesmo computador. A impossibilidade de acesso via servidor de e-mails (Outlook, Mozila, entre outros) em todos os lugares torna o webmail a maneira mais usual de se conferir mensagens em diferentes terminais. No entanto, à medida em que o uso desse modelo de acesso a caixas postais se consolida, cresce o número de ´pragas virtuais` que chegam por meio da correspondência.

    Segundo Marisa Viana, da TrustSign, hoje os principais riscos envolvendo usuários domésticos são os e-mails contendo phishing scam. Muitas pessoas recebem mensagens desconhecidas e abrem programas ou arquivos infectados com agentes maliciosos que vão desde vírus e Malwares a programas espiões que monitoram todas as atividades do usuário, incluindo a captura de senhas bancárias e conversas online, não só colocando dados pessoais, mas a própria pessoa em risco, ao tornar seus hábitos acessíveis a criminosos do cyber espaço.

    “Hoje o spyware que está mais difundido na internet é o chamado Zeus. Este aplicativo uma vez instalado passa a monitorar os acessos a sistemas de Internet Banking, e envia para o atacante os dados de acesso para que estes possam efetuar fraudes bancarias”, alerta (nome). Ele (a) explica que, em geral, as redes domésticas são mais vulneráveis, já que a maioria das empresas, mesmo as de menor porte, investem em ferramentas que dificultam a ação de hackers.

    Para quem usa o webmail, os problemas mais frequentes são relacionados à falta de segurança no acesso. Muitos recursos de segurança que poderiam ser utilizados acabam sendo deixados de lado como por exemplo o uso de certificados digitais HTTPS no acesso, o que faria com que todas as informações enviadas sejam criptografadas no trajeto.

    Marisa Viana também orienta sobre o risco de que ataques ao provedor possam prejudicar os assinantes uma vez que um atacante poderia modificar o conteúdo legítimo do provedor induzindo seus assinantes a baixarem material malicioso, ou direcionando para páginas que não são legítimas. Isso causaria grandes problemas para seus usuários uma vez que para eles o acesso continua visivelmente sem problemas.

    A executiv (a) dá algumas dicas para auxiliar internautas a manter suas reds mais protegidas:

    R: Tomar muito cuidado com as mensagens recebidas por e-mail. Evitar abrir anexos de remetentes não confiáveis e tomar mais cuidado ainda com remetentes confiáveis, pois muitos malwares utilizam a lista de contato do pc infectado para se auto-disseminar, gerando uma cadeia de confiança que irá facilitar ainda mais os ataques.

    É muito importante tambem manter sempre o sistema de antivirus atualizado pois em muitos casos grande parte desse tipo de ferramenta já pode ser identificada.

    Adicione essa página em sua rede social

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Dicas de Segurana

    Dvidas Frequentes

    Erros de Discagem

    Mais Lidos

    Tags